Uncategorized

ESQUECE O TAL DO LASTRO!

Perguntas recorrentes nas últimas palestras:

– O que garante o valor do Bitcoin?
– Quem “chancela” a moeda e assegura que ela tem valor?
– Existe algum banco, governo ou organização que armazena, controla e distribui os Bitcoins?

Vamos derrubar os mitos.

Já faz muito tempo que nenhuma moeda nacional – emitida por um banco central – tem lastro.

O valor de qualquer moeda, física ou digital, é determinado basicamente pelos seguintes fatores:
– Aceitação no mercado: oferta e demanda
– Escassez

No caso das moedas nacionais, o governo força a aceitação e a exclusividade, ao mesmo tempo em que controla a emissão. Oferta e demanda são, portanto, consequências naturais e não há concorrentes. A taxa de emissão é ajustada de acordo com índices econômicos e isso acaba por determinar eventual inflação/desvaloriazação.

No Bitcoin:

1. A emissão é controlada pelo protocolo: pré-determinada neste momento em 25 Bitcoins a cada 10 minutos aproximadamente. Em 2140, todos os 21 milhões de bitcoins terão sido emitidos. Existe uma escassez que além de prevista, é imutável e diminui com o tempo. Isso contribui diretamente para o valor da moeda e sua tendência de valorização no longo prazo.

Considere o fato (não negligível) que senhas são perdidas/esquecidas – Bitcoins saem de circulação – e temos ainda mais escassez conforme o tempo passa.

2. Oferta e demanda funcionam naturalmente como em qualquer mercado de capital: interesse, confiança, notícias, análises, estabelecimentos que aceitam ser pagos em Bitcoin, quantidade de usuários e moedas disponíveis em uma determinada corretora. A maior parte dos usuários de Bitcoin entrou no sistema em 2017. Por isso a valorização recente, relacionada diretamente ao número de pessoas participando do mercado: comprando, vendendo e transferindo.

3. Papel moeda é confiável porque utiliza um papel difícil de se forjar. Pode ser gasto pelo portador. Qualquer pessoa pode comprar um café com dinheiro vivo sem apresentar qualquer forma de identidade. Bitcoin é confiável porque utiliza um sistema (blockchain) difícil de se forjar. Pode ser gasto pelo portador (que detém a senha). Qualquer pessoa pode transferir Bitcoins sem apresentar qulquer forma de identidade.

Percebe as semelhanças?

4. Uma das características principais do Bitcoin é ser um sistema descentralizado. Não existe uma organização central, qualquer internediário ou ponto de controle que pode ser infliuenciado ou manipulado. Democracia no seu sentido mais forte: vence a maioria, vence a melhor intenção. E assim o software evolui com o tempo. E assim o sistema se fortalece (e se valoriza) conforme a quantidade de usuários aumenta. São forças naturais que se equilibram: incentivos para se comportar bem, obstáculos para se comportar mal.

Após 9 anos, está claro que venceu o bem. E provavelmente continuará vencendo.

(volte nas perguntas acima e veja se consegue responder)